SAC: (81) 3421.9000

Menu

SINDSEP-PESINDSEP-PE

Notícias

Em Recife, trabalhadores rejeitam reformas de Temer em assembleia geral no Derby

Fonte: Ascom Sindsep-PE
11/11/2017





Centrais sindicais vão parar o país em uma nova greve geral. Esse foi o recado dado pelo presidente da CUT-PE, Carlos Veras, durante a assembleia geral da classe trabalhadora realizada nessa sexta, 10, em Recife. A concentração foi na praça do Derby, por volta das 10h, de onde os manifestantes saíram em caminhada até a sede do Ministério do Trabalho, na avenida Agamenon Magalhães, no Espinheiro. Durante a assembleia, os trabalhadores votaram contra as reformas trabalhista e da Previdência, propostas por Michel Temer.

 

No ato público em frente ao Ministério do Trabalho, reforçou a importância da mobilização da classe trabalhadora, inclusive o funcionalismo público. “Este governo está massacrando o conjunto dos servidores federais. Ele está travando todas as negociações e está promovendo um verdadeiro desmonte no Ministério do Trabalho. Ou todos reagem ou perderão os seus direitos em pouco tempo”, alertou o sindicalista.

 

“As centrais sindicais estão juntas em prol de uma pauta coletiva, contra o desmonte do estado e a retirada de direitos. A classe trabalhadora não aceita o Estado mínimo. O povo quer um Estado forte e interventor”, destacou o coordenador geral do Sindsep-PE, José Carlos de Oliveira. Ao lembrar dos retrocessos, como as contrarreformas e também a MP 805 (adiamento de reajustes e aumento da contribuição previdenciária dos servidores federais), ele foi enfático: "Estamos retomando às ruas para dizer não ao desmonte do estado e a retirada de direitos trabalhistas”.

 

Mantendo a tradição de luta no Estado, os servidores da Superintendência Federal da Agricultura (SFA) cruzaram os braços no Dia Nacional de Paralisações, atendendo ao chamado das centrais sindicais. Pela manhã, os trabalhadores realizaram um ato público com café da manhã, na sede do órgão, no bairro do Bongi. Os empregados da Ebserh Recife, em campanha salarial desde dezembro, também se mobilizaram. No Incra também foi realizado um café da manhã com mobilização dos servidores. Os portões foram fechados e as atividades suspensas em boa parte da manhã.

 

Além de Recife, foram realizadas mobilizações em outras cidades pernambucanas e em vários estados. As centrais sindicais também anunciaram durante Dia Nacional de Paralisações que serão realizadas atividades permanentemente visando à construção da próxima greve geral.


« Voltar

Últimas Notícias


Mais notícias »

Receba Nosso Informativo

X