SAC: (81) 3421.9000

Menu

SINDSEP-PESINDSEP-PE

Notícias

Classe trabalhadora promete se unir e voltar às ruas para combater governo Temer

Fonte: Ascom Sindsep-PE
08/11/2017





Cerca de 600 mil servidores públicos federais serão atingidos pelas MPs do Governo Temer que propõem aumento da alíquota previdenciária e barra reajuste previsto para 2018. A reforma trabalhista irá prejudicar os trabalhadores das empresas públicas, como a Ebserh e a Conab, além de todos os trabalhadores regidos pela CLT, e enfraquece o Ministério do Trabalho. A reforma da Previdência é um ataque brutal a todo o povo brasileiro. Terceirização, demissão do servidor, licença sem remuneração... O que estamos esperando mais? Ou a classe trabalhadora se une e volta às ruas ou será escravizada. Nesta sexta (10), teremos uma boa chance de mostrarmos a nossa força, durante o Dia Nacional de Paralisações, convocado pela CUT e demais centrais.

Serão realizadas mobilizações em todo o Brasil. A ideia é unir todos contra os desmandos do governo golpista. No Recife, será realizada uma Assembleia Geral da Classe Trabalhadora, na Praça da Democracia do Derby, com concentração a partir das 9h. O objetivo é reunir o maior número de trabalhadores, no local, para uma grande mobilização contra a retirada de direitos trabalhistas promovida pelo governo ilegítimo. 

Os servidores da Conab em Pernambuco irão aderir ao Dia Nacional e paralisar suas atividades. Os administrativos da Superintendência Federal de Agricultura (SFA) também irão parar suas atividades. Os trabalhadores do Incra realizarão um ato, com café da manhã, a partir das 9h, na sede do órgão. Os trabalhadores da Ebserh também farão um ato de apoio a paralisação, às 9h, na Portaria 04 do Hospital das Clínicas da UFPE.  

“O objetivo, claro, desse governo é reduzir o papel do Estado na sociedade brasileira e beneficiar a iniciativa privada que financiou o golpe e, historicamente, financia campanhas políticas. Com a redução do Estado quem mais vai sofrer é a parcela da população brasileira mais carente de recursos financeiros, ou seja, a grande maioria dos brasileiros. Precisamos nos unir mais do que nunca”, destacou o coordenador geral do Sindsep-PE, José Carlos Oliveira.

Paralelamente ao ataque promovido contra os trabalhadores, o governo vem liberando bilhões de reais em emendas parlamentares, anistiando setores ruralistas em mais outros tantos bilhões e entregando o patrimônio nacional, a exemplo do Pré-sal, a troco de banana. 


« Voltar

Últimas Notícias


Mais notícias »

Receba Nosso Informativo

X